Crítica do filme Jumanji: Bem-vindo a Selva

No filme Jumanji: Bem-vindo a Selva conta sobre 4 adolescentes que encontraram o jogo Jumanji e foram puxados para ele. Agora os 4 devem finalizar o jogo para poder voltar em casa antes que alguém se machuque.

Para os mais novos, talvez Jumanji: Bem-vindo a Selva seja algo novo. Para quem tem mais de 30, já deve ter visto na Sessão da Tarde o célebre filme com o ator Robin Willians. Um clássico das tardes, e um sucesso, em grande parte pela brilhante atuação de Willians, e outra parte foi pela excelencia nos efeitos especiais (principalmente se lembrar que estamos falando de 1995).

No clássico da década de 90, conta sobre um jogo que leva a selva de Jumaji para aqueles que estão participando da “brincadeira”. É um tabuleiro maravilhoso e os jogadores tem que enfrentar manadas, chuvas, folhagem densa, para conseguir concluir. No meio da ação nos deparamos com questões familiares e surge uma pitada de drama ai. Muito bom.

Agora esqueça o original. Em Bem-vindo a Selva o jogo evoluiu, virou video-game e agora vai levar os jogares para suas “personas” dentro da selva. Aqui nós temos muita ação e diversão. Piadas e momentos cômicos é o que não falta no filme.

É pior que o original? Não diria isso.
É diferente? Com certeza.

Particularmente eu me espantei. Como eu AMO o original, eu realmente esperava um péssimo filme. E eu gostei! Ri (assim como todos no cinema) muito em diversos momentos. Só porque ele não tem a ver com o clássico não quer dizer que seja ruim (nesse caso!).

E eu adoro surpresas positivas. Então aproveite as férias e vá se divertir no cinema. Com certeza esse filme irá proporcional um passeio legal e descontraído. Além dos efeitos especiais serem incríveis e a química entre os atores funcionar perfeitamente. Vale a pena assistir.

Jumanji: Bem-vindo a Selva 
Duração: 1h e 59 minutos
Direção: Jake Kasdan
Elenco: Dwayne Johnson, Karen Gillan, Kevin Hart, Jack Black, Nick Jonas, Madison Iseman, Bobby Cannavale, Missi Pyle, Alex Wolff, Rhys Darby, Morgan Turner e Ser Darius Blain
Nota: 4,2/5

helgawtakeno

Vim para Indaiatuba em 2010 e me apaixonei pela cidade. Sou cinéfila, jornalista, designer gráfica, trabalho com mídias sociais também. E sou nerd com muito orgulho. Espero que gostem da minha visão sobre Indaiatuba e meus conselhos sobre filmes, culinária, e o que mais vier. Esse blog é feito com muito carinho ♥

2 comentários em “Crítica do filme Jumanji: Bem-vindo a Selva

  • 16 de Janeiro de 2018 em 18:34
    Permalink

    Não vejo a hora de ver esse filme!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *