Crítica do filme Uma Família de Dois

Comédia dramática francesa sobre família e o papel dos pais na criação dos filhos. Estrelado pelo ator Omar Sy (aclamado por seu papel em Intocáveis), Uma Família de Dois promete emocionar e encantar.

Uma Família de Dois é sobre Samuel, um homem pacato e sem grandes ambições. Levava uma vida sem compromissos ou responsabilidades. Até que uma namorada que fazia meses que não via, volta e traz uma criança. Ela alega que é filha de Samuel, e abandona os dois. Ele tenta ir atrás da mãe da criança, mas sem sucesso. Samuel muda toda sua vida para ser um pai para sua filha. Depois de oito anos, a mulher volta reinvindicando o direito materno.

É… a história é meio revoltante em alguns pontos. Eu fiquei xingando internamente a mulher que abandonou a filha, e depois de oito anos vem com a cara de pau querer a criança de volta, tentando arrancar dos braços do pai. Não! Pai é ele que mudou tudo para cuidar da menina. Mas enfim, as bloggers que foram na sessão especial do filme no Topázio Cinemas aqui em Indaiatuba, saíram todas chorando (inclusive essa que escreve).

Sim, o filme é muito lindo, muito envolvente e a história é boa.

Porém, existem falhas sim. Por exemplo, o começo do filme fala muito da relação do pai com a filha e é lindo. Mas quando a mãe volta e existe o conflito na história, tudo é muito corrido. Existia muito mais para explorar ali, e algumas coisas ficaram faltando.

Mas eu descobri (admito que não sabia) que Uma Família de Dois é um remake do filme mexicano Não Aceitamos Devoluções, de 2013! Então agora eu vou assistir o Não Aceitamos Devoluções e depois venho contar para vocês, afinal, a história é a mesma! Só quero ver se essa falha que notei no filme frances não ocorre (de repente, tem outras falhas, hehehe).

Mas Omar, Glória e Clemence estavam ímpares em seus papéis. A atuação de todos valeu toda a história tranquilamente. Se você quiser se emocionar, vá assistir esse filme nos cinemas e prepare os lencinhos 😉

Uma Família de Dois  
Duração: 1h e 58min
Direção: Hugo Gélin
Elenco: Omar Sy, Clémence Poésy, Gloria Colston, Antoine Bertrand, Alice David, Ashley Walters e Clémentine Célarié
Nota: 4/5

helgawtakeno

Vim para Indaiatuba em 2010 e me apaixonei pela cidade. Sou cinéfila, jornalista, designer gráfica, trabalho com mídias sociais também. E sou nerd com muito orgulho. Espero que gostem da minha visão sobre Indaiatuba e meus conselhos sobre filmes, culinária, e o que mais vier. Esse blog é feito com muito carinho ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *